domingo, 3 de fevereiro de 2013

COMO UM CANHOTO PODE APRENDER VIOLÃO OU GUITARRA ?


Vida de canhoto
VISITE nosso canal no Youtube : https://www.youtube.com/canal.bruno.bicalho


Se você é destro, faça um teste: tente abrir uma lata ou trocar a marcha do carro com a mão esquerda. A conclusão é simples: a maioria dos produtos não é planejada para canhotos. Aos poucos, a indústria começa a se preocupar com eles.

Esta reportagem foi sugerida por um telespectador.
Muitos me perguntam como aprender a tocar sendo canhoto , na minha opiniao deve-se tentar aprender com o violao ou a guitarra da mesma maneira que um destro , se possivel tente esquecer que voce eh canhoto pois tera de utilizar as duas maos de qualquer maneira e SE , TAO SOMENTE SE voce nao conseguir INVERTA as cordas do instrumento e vire-o pro outro lado , siga as regras das notas , dos acordes , das batidas , dedilhados , solos passo a passo com muita atencao e seja feliz .

Se você nunca teve problemas para manusear uma tesoura, provavelmente você é destro – faz quase tudo com a mão direita, como 90% da população.
Já há uma variedade grande de produtos para os 10% de canhotos, como tesouras com encaixe invertido e até faca de sushiman com o fio do lado esquerdo. Mas ainda falta muita coisa; um coronel da Polícia Militar do Paraná diz que sente falta de mouse especial pra canhotos.
A ferramenta de trabalho mais associada a policiais também só existe para destros: as armas – pelo menos as fabricadas no Brasil – têm sempre teclas e botões para o lado de dentro, presumindo que quem vai utilizá-la é alguém que usa a mão direita. “O canhoto tem mais dificuldade”, admite o instrutor de tiro Antônio Custódio dos Santos.
Há uma lista enorme de improvisos também no mundo artístico: Paul McCartney, Jimi Hendrix e Edgar Scandurra, do Ira!, são todos canhotos que tocam guitarra de destro de ponta-cabeça. Eles aprenderam assim e preferiram seguir com a técnica mesmo depois que a indústria começou a fabricar alguns instrumentos especialmente para canhotos.
O baixista curitibano Dom Piccoly explica o porquê da preferência. “Você chega numa loja e escolhe o melhor instrumento; mas quando você pede um para canhoto, não existe. Essa é uma dificuldade: ter produtos diversificados pra poder escolher. Normalmente, você tem que levar o que está na loja”, conta.
Dom Piccoly acabou mandando fazer um baixo sob encomenda, e junto com outros músicos canhotos formou a banda “Esquerda Volver”.
O baterista Ale Cirino também passou aperto. “É difícil começar, porque você não consegue encontrar professor pra ensinar. No conservatório, era uma sala com vários alunos e eu ficava de frente para os outros, pra fazer como se fosse um espelho; se eu ficasse do lado, atrapalhava quem estava tocando”, lembra.
Ter que passar a vida se adaptando ao mundo dos destros tem suas vantagens, segundo pesquisas médicas recentes. “O destro usa predominantemente o lado esquerdo do cérebro – que é o lado responsável pela leitura, escrita, matemática, raciocínio lógico – e menos o lado direito, que é o responsável pelas artes, pela imagem e pelos sentimentos musicais. Os estudos provaram que o canhoto usa ambos os hemisférios”, explica o neuropediatra Sérgio Antoniuk.
Para os canhotos amantes da bola, há outra vantagem conhecida desde a infância: “É jogar no time de futebol, porque não tinha muito canhoto pra jogar na ponta esquerda! Sendo bom ou sendo ruim, você estava sempre escalado”, conta Dom Piccoly. O baixista – e jogador nas horas vagas – está em boa companhia; é longa a lista de grandes craques canhotos: Maradona, Rivelino, Tostão, Gérson e o canhoteiro Pepe.

CREDITOS A : Esquerda Volver no Jornal Hoje - 07/02/2008