sexta-feira, 2 de novembro de 2012

FORMAÇÃO DOS ACORDES TRÍADES .


http://www.youtube.com/brunoagora

FORMAÇÃO DAS TRÍADES


Sem saber como os acordes são formados fica difícil entender a composição do campo harmônico.
Os acordes são formados sobre uma tríade. Essa tríade deve ser composta pelo I (1º grau, fundamental) e sua respectiva III (terça) e V (quinta).
Os algarismos romanos, ora eu os considero do gênero masculino, ora feminino. Quando me referir a eles no masculino entenda por grau (1º, 2º, 3º, etc) e quando for no feminino entenda por ordinais (segunda, terça, quarta, etc).


Usando as escalas você constrói os acordes que podem ser tríades ou tétrades.
Vamos começar pelas tríades que são 4 tipos:
Tríade Maior, tríade menos, tríade diminuta e tríade aumentada
Tríades Maiores

Acordes maiores são formados pelo I, III e V graus, respectivamente a fundamental
(f), a terça maior (3M) e a quinta justa (5j).
C   do   mi  sol

G   sol   si   re
Bb  sib  re   fa


Tríades menores
Acordes menores são formados pelo I, IIIb e V graus, respectivamente a
fundamental (f), a terça menor (3m) e a quinta justa (5j).
Cm    do   mib  sol


Gm    sol   sib   re
Bbm  sib   reb   fa

Tríades diminutas
Acordes diminutos são formados pelo I, IIIb e Vb, respectivamente a fundamental
(f), a terça menor (3m) e a quinta diminuta (5dim),
C’    do   mib   solb
G’   sol   sib    reb
Bb’  sib   reb   fab

Tríades aumentadas
Acordes aumentados são formados pelo I, III e V# graus, respectivamente a
fundamental (f), a terça maior (3M) e a quinta aumentada (5#).
C+   do   mi   sol#
G+   sol   si    re#
Bb+  sib   re    fa#