quarta-feira, 31 de outubro de 2012

O segredo da troca rápida de acordes


Um dos maiores problemas de quem comeca a aprender violao é conseguir trocar de acordes rapidamente, vamos esclarecer esse assunto agora. EH AGORA OU NUNCA ! rss

http://www.youtube.com/bruno.troca.rapida.de.acordes




A questão não é a velocidade de troca da mão esquerda, mas sim a coordenação entre a mão esquerda e a direita.

Temos o reflexo de “parar” a mão direita (que faz o ritmo) no momento em que a esquerda está trocando de acorde, ou seja, só conseguimos mexer uma mão de cada vez, isso é um erro que deve ser corrigido.
O ideal é ir trocando o acorde enquanto a mão direita faz o ritmo, sem parar a música. Isso exige muita coordenação, e não velocidade.
Desenvolvi um exercício que pode ajudar muito na coordenação entre as duas mãos, muito útil para os que estão nesse estágio do aprendizado. Aqui está:



A mão que executa os acordes (mão esquerda) fica parada, e a mão direita, faz o ritmo até trocar a posição da mão esquerda. Acontece que, a mão que executa os acordes (esquerda) demora demais até obter agilidade suficiente para trocar na hora certa, sem atrasos. Em resumo: enquanto executamos o mesmo acorde, tudo bem, só a mão direita (mão que faz a batida) trabalha. Na hora de mudar a posição, que tragédia… hehehe. Se vacilar, acaba atrasando ou cruzando a batida, ritmo.

Há uma segunda tentativa de solução para esse problema, confira abaixo o exercício:

Selecione três acordes bem diferentes entre si:
1)Numere cada acorde 1,2 e 3
2)Forme o acorde 1 e toque ele uma vez só.
3)Forme o acorde 2 e toque ele uma vez só.
4)Repita o mesmo processo com o acorde 3, executando-o uma vez só
Vá repetindo em sequência cada vez mais rápido, até não precisar mais pensar antes de tocar qualquer um deles (3 acordes), em resumo: a mão vai sozinha. Após concluir esse exercício procure tentar executar assim 4 acordes depois 5…
Muitos violonistas e guitarristas precisam saber que os melhores e mais rápidos instrumentistas do mundo praticam seus exercícios de velocidade, em um violão comum, acústico, sem amplificadores. Isso porque o “peso ” das cordas do violão é perfeito para um rápido desenvolvimento muscular dos dedos.Em uma guitarra elétrica, por causa das cordas macias e da amplificação, leva-se mais tempo, e dá muito mais trabalho até se atingir o mesmo progresso. Porque os músculos não são forçados,não se exercitam e não se desenvolvem tão bem. Por tanto preste sempre atenção para esse detalhe!!!

SE NOSSA SEGUNDA TENTATIVA FALHOU , BOM TENTA A PRIMEIRA NOVAMENTE rss
E SE A PRIMEIRA FALHOU NOVAMENTE , TENTE A SEGUNDA NOVAMENTE rss
AS VEZES NOS "SEM QUERER QUERENDO " DESENVOLVEMOS JEITOS PROPRIOS , SE VOCE ACHOU SUA PROPRIA MANEIRA OTIMO NAO TEM PROBLEMA .

RESUMINDO O QUE NAO PODE ACONTECER EH DESISTENCIA POIS ESSA EH A UNICA MANEIRA QUE NAO FUNCIONA!

Abraco pessoal e bons treinos !