sexta-feira, 12 de outubro de 2012

AS ESCALAS PENTATÔNICAS


www.youtube.com/bruno.escalas

ASSISTA AOS VIDEOS :

1)
2)

                                      


Quando falamos sobre a Formação da Musica Ocidental acabamos mencionando a Escala Pentatônica , por ser tão antiga e tão importante para as Culturas Orientais que cuja musica antecede a Ocidental. Sabemos inclusive que na antigüidade os Persas se utilizavam , e os Hindus ainda hoje se utilizam de estruturas de Escalas de 5 notas ( sons ) , ou seja , Escalas Pentatônicas ou Pentafônicas ( Penta = 5 , Fônica = som ) que acabam determinando a sonoridade da Musica destes Povos . Poderia citar aqui varios nomes e estruturas delas , entretanto , isto deve ser estudado na area de " Escalas Exóticas " .


As escalas pentatónicas são um dos passos mais importantes para aprender e evoluir a tocar guitarra. Especialmente utilizadas na música pop/rock, mas também em jazz, blues, folk, country entre outros estilos, são uma dádiva particularmente especial para os guitarristas amadores com pouco tempo para praticar porque são muito fáceis de memorizar e aplicam-se a quase qualquer música destes estilos.
Técnicamente qualquer escala de cinco notas por oitava pode ser considerada uma pentatónica, daí o seu nome (Penta). Porém, em 99% dos casos, utilizamos o termo Pentatónica para nos referirmos às escalas derivadas do círculo de quintas(lição em breve), ou seja, começando na nota raiz da escala e indo fazendo as quintas consecutivas de cada nota. Por exemplo:

C (Dó)
C + 5ª = G (Sol)
G + 5ª = D (Ré)
D + 5ª = A (Lá)
A + 5ª = E (Mi)
Re-ordenando estas notas obtemos a pentatónica maior de Dó: C D E G A

É um facto intuitivo para a maioria dos guitarristas e baixistas que a 5ª funciona bem como complemento a qualquer nota de uma escala ou progressão de acordes, daí as pentatónicas também resultarem.
A pentatónica menor, também se deriva do círculo de 5ªs, pegando na nota raiz e "andando para trás", por exemplo:

C
nota cuja 5ª é C = F
nota cuja 5ª é F = A#
nota cuja 5ª é A# = D#
nota cuja 5ª é D# = G#
Re-ordenando estas notas obtemos a pentatónica menor de Dó: C D# F G# A#


***Porque são especiais ?
***Porque são especiais ?


Principalmente porque funcionam!rs  Experimente a pentatónica maior numa progressão de acordes maioritáriamente maiores ou a menor caso contrário. Em qualquer caso se uma não lhe soar bem, experimente a outra. Em 90% dos casos uma delas encaixa bem na progressão de acordes.
Também são muito fáceis de memorizar porque a disposição das notas da escala maior é igual à da escala menor (transposta 3 meios tons, ou 3 travessões na guitarra), o que facilita a sua utilização para improvisar.
São também a base das escala de blues (acrescentando as blue notes).
São ainda uma ajuda para memorizar os modos Gregos:
As notas da Pentatónica Maior são comuns aos três modos Gregos maiores: Jónio, Lídio e Mixolídio. (ver lição sobre a formação de escalas gregas)
As notas da Pentatónica Menor são comuns aos quatro modos Gregos menores: Dórico, Frígio, Eólio e Lócrio.
Ou seja, para qualquer uma das sonoridades baseadas nos modos Gregos, basta acrescentar à respectiva Pentatónica duas notas adicionais que definem qual o modo.

**************Como se constroem ?
OK. Isto é só para ler uma vez, porque quando as memorizar na barra da guitarra nunca mais vai querer formar Pentatónicas a partir dos intervalos.

A Pentatónica maior, formada a partir da nota raiz, é: R 2 3 5 6, ou seja
R + Tom + Tom + Tom Semi-tom + Tom

Por exemplo, na escala de Dó: C D E G A

A Pentatónica menor, formada a partir da nota raiz, é: R m3 4 5 m7, ou seja

R + Tom Semi-Tom + Tom + Tom + Tom Semi-tom

Por exemplo, na escala de Dó: C Eb F G Bb


Disposição no braço da guitarra
Esta é a parte boa, repare na disposição das notas (em relação ao travessão da nota raiz):
Pentatónica menor:







Pentatónica maior:










A disposição relativa das notas é igual, transposta de três travessões (ou semi-tons). Basta memorizar uma das escalas e sabe-se de cor também a outra. Sugiro que a memorizada seja a maior, porque é a que tem maior número de notas sobre o travessão da nota raiz, o que a torna mais fácil de praticar.
Aqui está a escala menor completa, memorize-a e tente-a aplicar sobre um conjunto de acordes, vai ver como o resultado impressiona!










blablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablarsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsr
violaoagoraoununcaviolaoagoraoununcaviolaoagoraoununcaviolaoagoraoununcaviolaoagoraoununcaviolaoag
pianoagoraoununcapianoagoraoununcapianoagoraoununcapianoagoraoununcapianoagoraoununcapianoagora
bateriaagoraoununcabateriaagoraoununcabateriaagoraoununcabateriaagoraoununcabateriaagoraoununcabatedivirta-sedivirta-sedivirta-sedivirta-sedivirta-sedivirta-sedivirta-sedivirta-sedivirta-sedivirta-sedivirta-sedivirta
inglêsinglêsinglêsinglêsinglêsinglêsinglêsinglêsinglêsinglêsinglêsinglêsinglêsinglêsinglêsinglêsinglêsinglêsinglêsingl
 blablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablablarsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs
violaoagoraoununcaviolaoagoraoununcaviolaoagoraoununcaviolaoagoraoununcaviolaoagoraoununcaviolaoag
pianoagoraoununcapianoagoraoununcapianoagoraoununcapianoagoraoununcapianoagoraoununcapianoagora
bateriaagoraoununcabateriaagoraoununcabateriaagoraoununcabateriaagoraoununcabateriaagoraoununcabatedivirta-sedivirta-sedivirta-sedivirta-sedivirta-sedivirta-sedivirta-sedivirta-sedivirta-sedivirta-sedivirta-sedivirta
inglêsinglêsinglêsinglêsinglêsinglêsinglêsinglêsinglêsinglêsinglêsinglêsinglêsinglêsinglêsinglêsinglêsinglêsinglêsingl


MAIS SOBRE A FORMAÇÃO DA ESCALA PENTATÔNICA

A Escala Pentatônica à qual trataremos aqui é aquela que se forma naturalmente à partir do Circulo das Quintas. Se observarmos o Circulo no sentido horário ou ante - horário, notaremos que a cada 5 nomes de notas forma-se uma Escala Pentatônica em uma nova tonalidade diferente da anterior, porém obviamente , mantendo -se a mesma Estrutura Intervalar. Vejamos:


Da nota C ( do ) até E ( mi ) no sentido horário temos as notas constituintes da Pentatônica na tonalidade natural ,sendo: C G D A E ( Do Sol Ré La Mi ) colocando na ordem consecutiva, fica ; Do Ré Mi Sol La - À seguir temos ; G D A E B (Sol Ré La MI Si ) que é a Pentatônica na tonalidade de Sol (G) que na ordem consecutiva ,fica; Sol La Si Ré Mi , depois temos; D A E B F# ( Re La Mi Si Fa# ) em ordem consecutiva ,fica: Re Mi Fa# La Si ....e assim por diante. Podemos fazer também no sentido ante horário e obteremos as seqüências das outras Tonalidades. Então podemos observar que a estrutura Intervalar da Pentatônica se encontra dento da Escala Maior suprimida de duas (2) notas, ou seja:







* Portanto a Escala Pentatônica é uma Escala Maior sem a 4 ( quarta justa ) e a 7 ( sétima maior) que acaba determinando a sua sonoridade ou o seu resultado melódico, que é inconfundível. Quando ouvimos um Solo ou Melodia tocado(a) em qualquer instrumento ou cantado(a) por qualquer voz humana , de imediato percebemos que se trata dela ,até porque da segunda metade ( anos 50 ) do século 20 até hoje , parece ter sido a Escala mais tocada e ouvida , por conta da musica que esta na Mídia , principalmente por ser básica no Blues , no Rock e até no Pop

TABELA DA ESCALA PENTATÔNICA NAS 12 TONALIDADES
( Estrutura Intervalar = T 2 3 5 6 )















MODOS DA ESCALA PENTATÔNICA
* Agora precisamos visualizar a Escala Pentatônica no Braço -Escala ( Fingerboard) da Guitarra ou do Violão ,antes porém não podemos nos esquecer que toda Escala possui suas respectivas Inversões (" Modos ") .Então, nos resta saber como são estas Inversões na Escala Pentatônica . Vamos tomar a Escala Penta em "Dó" como modelo para as demais. Vejamos:


* Até aqui temos as 5 inversões básicas da Escala Pentatônica , partindo da Tônica ( Do ) , entretanto na pratica do dia-a -dia , esta Escala foi convencionada tomando como primeira inversão a nota " La " como Tônica , muito provavelmente por causa da sua utilização que é normalmente entendida como Escala Menor no Blues , no Rock ,..etc..... É importante notar também que cada uma destas Inversões se encontram dentro dos Modos da Escala Maior que relacionaremos à seguir na disposição das Inversões conforme o usual.


A PENTATÔNICA E SUAS INVERSÕES

- Vamos agora relacionar as digitações da Escala Pentatônica e suas inversões no braço da Guitarra ( ou Violão) ,porém esclarecendo ao mesmo tempo que as inversões por convenção possuem nomes os quais já estão incorporados na didática da Guitarra e de outros instrumentos. Sendo:


A ESCALA PENTATÔNICA COM " BLUE NOTE " : A ESCALA DO BLUES E DO ROCK

- Vimos como as Inversões da Pentatônica se formam à partir do Circulo das Quintas formando suas respectivas ( 12 ) tonalidades e depois cada uma delas se invertem (da mesma maneira que a Escala Maior e seus respectivos Modos ) e que por convenção possuem os nomes: Penta 1 ( que se refere à primeira inversão e se encontra dentro do Modo Eólio), Penta 2 ( que se refere à segunda inversão e coincide com o Modo Jônio ) ,..etc...No Blues e no Rock e até mesmo no Pop a Escala Pentatônica é básica , podemos dizer fundamental ,entretanto costuma-se inserir à ela , mais uma nota cromática que chamamos de "Blue Note" a tornando uma Escala Hexafônica ( escala de seis sons). A "Blue Note"(Bn) é um intervalo de 4# ou 5b se a considerarmos na Penta 1 (T 3b 4 4# 5 7) e que óbviamente vai assumindo outros nomes de Intervalo , na medida em que se faz as Inversões.

- Vejamos à seguir as Digitações das Inversões da Pentatônica com Blue Note no braço da Guitarra e do Violão -


*Conforme podemos observar acima , nas Inversões da Pentatônica a " Blue note" (Bn) assume à cada inversão um novo intervalo obviamente , assim sendo , temos:



AS BLUES NOTES " OCORRENTES " E A ESCALA DE BLUES DE 7 NOTAS NOS E.U.A.

* Quero lembrar que tanto no Blues quanto no Rock , ocorrem outras notas cromáticas ou diatônicas que poderíamos chamar de : " Blues Notes Secundarias ou Ocorrentes " ( ? ). Não estou aqui afirmando um conceito oficial , entretanto ao tocarmos temas e solos de " BLUES" , percebemos claramente como essas Notas aparecem , tanto em condição Cromática ou Diatônica em relação às notas da Pentatônica . Por exemplo , tomando a Penta 1 como referência temos :
T 3b 4 4# 5 7b , então poderá surgir notas de acréscimo , como: 2 , 3 , 6 , 7

* Podem também surgir outras estruturas de Escalas Pentatônicas , como a chamada" Penta 6" usada por alguns guitarristas ,cujos Intervalos são :
T 3b 4 5 6

* A Escala de Blues ( com 7 notas ) que é considerada por alguns como a " verdadeira" , que tem como Intervalos , o seguinte :
T 2 3b 3 5 6 7b

ESCALA PENTATONICA MAIOR :